Querem um conselho? Adiem os conselheiros

Viver Ramalde - Viver o Porto

“A notícia: a substituição dos conselheiros de Estado, na quota dos eleitos pelo Parlamento, dará cinco novos conselheiros. O órgão e a função são tão pouco conhecidos que é prudente lembrar: o Conselho de Estado aconselha o PR.

Eu julgo, tendo em vista a data da eleição, já para a semana, que se esqueceram desse pormenor. Não vos parece despropositado eleger, já, cinco pessoas que vão aconselhar outra que acaba a função dentro de semanas? E sem conhecer, ainda, aquela que elas vão servir durante os próximos anos? É que a importância dos conselheiros vale pelo aconselhado.

Por exemplo, apontar o caminho certo a quem tem a mania de contrariar pode até ser perigoso. Na crise política que vivemos recentemente, o atual Presidente ignorou os conselhos do Conselho de Estado. Isso diz pouco dos conselheiros, e muito sobre o renitente aconselhado (sabe-se que os conselhos são mal recebidos por quem…

View original post mais 88 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s