O cartaz, o Alentejo e a estupidez

O que é que o cartaz do BE e as considerações sobre o Alentejo que Henrique Raposo faz têm em comum?

Falam ambos do que nao conhecem, sao estupidos e parvos.

Mas o que mais me espantou hoje foi ver gente irritada com os críticos do cartaz, porque segundo eles é uma questão de liberdade de expressão, como se a mesma liberdade de expressão que permite o cartaz já nao seja valida para quem critica.

Mas ver alguns destes defensores da liberdade de expressão assinar petições defendendo a proibição da publicação do livro do Henrique Raposo foi algo de absolutamente surreal.

Sera caso para dizer: “A estupidez parece que é contagiante”!.

Anúncios

2 thoughts on “O cartaz, o Alentejo e a estupidez

  1. Como eu gostaria de uma vez por todas que se distinguisse “liberdade de expressão” de “liberdade de imprensa”…
    Para mim, que sou antigo, liberdade de expressão tem contornos radicais, que podem ir de elogios a insultos e festinhas aos tiros, facadas ou pior ( nos livros do Eça também se prometiam bengalas…) ou pior,contornos legais ou ilegais. Creio, no meu fraco entender que a liberdade de imprensa será um subgrupo de liberdade de expressão. E essa diferença está no meu modesto entendimento, a ser hipocritamente aproveitada pelos jornalistas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s