A CMTV no seu melhor

Mais uma pérola da CMTV o que por si so nao constituiria motivo de estranheza. Já em relação a colaboração das autoridades nesta palhaçada nao poderemos dizer o mesmo.

Fonte:  O Coiso

Anúncios

Jornalismo de sarjeta

Sérgio Figueiredo, diretor de informação da TVI numa entrevista ao DN, a proposito da CMTV:

É que de repente parece que passaram a morrer mais pessoas em Portugal. É que de repente parece que Lisboa virou São Paulo. É que de repente parece que a sinistralidade rodoviária aumentou exponencialmente. Nada disso é verdade. Apenas temos essa falsa perceção porque há um canal que passou a estar em duas plataformas no cabo. O país é o mesmo. É este país que queremos criar? Um país refém de si próprio? Um país de medo com ameaças que não existem? É uma opção que eu respeito do ponto de vista empresarial, mas não é um canal que eu coloque os meus filhos a ver, porque aquilo não é educação que se dê em casa. Não transporta ali qualquer valor de cidadania. E até é perigoso para a democracia, porque quando tens um jornalista a fazer de juiz está tudo errado. E não estamos a falar dos poderosos, nem da caça aos poderosos. Estou a falar de pessoas anónimas e indefesas, que são pedófilas e assassinas num dia e depois já são vítimas de uma mulher tresloucada no dia seguinte.